quarta-feira, 15 de junho de 2016

Tecnologias

Servem
para ensinar
para unir
para pagar
para reunir

Servem
para escrever
para namorar
para rever
para explorar

Servem
para fotografar
para reproduzir
para armazenar
para ouvir

Servem
para trazer
para comprar
para lazer
para avaliar

Ah as tecnologias!
servem para trazer
o significado
de epistemologia.

Silvana F. Pereira

domingo, 5 de junho de 2016

Vôo da Borboleta

Lendo o poema de Manoel de Barros
Sei que minha Camila é assim
Não aceita o pouco que lhe foi dado pela vida.
Ela quer mais, e vai atrás.
Hoje, depois de tanto correr, conseguiu.
Chegou o grande dia.
O dia de não ser apenas
aquela pessoa que aceitas as coisas
que acata ordens, que se submete.
Chegou o dia de ser outras,
de se renovar como borboleta.

Silvana


A maior riqueza do homem
é a sua incompletude.
Nesse ponto sou abastado.
Palavras que me aceitam como sou – eu não aceito.
Não agüento ser apenas um sujeito que abre portas,
que puxa válvulas, que olha o relógio,
que compra pão às 6 horas da tarde,
que vai lá fora, que aponta lápis,
que vê a uva etc. etc. Perdoai
Mas eu preciso ser Outros.
Eu penso renovar o homem usando borboletas.

Manoel de Barros