terça-feira, 23 de agosto de 2016

Mais uma da Rua da Praia

Numa sexta-feira
voltando prá casa
dispersa em pensamentos
ela nem percebeu
que a noite caiu.

O clima agradável
a rua lotada
amigos conversavam
num bar
na calçada

Seguiu em frente
e ao passar pelo bar
onde os amigos bebiam
olhou para a mesa
distraidamente

Seus olhares cruzaram
ambos imobilizados
ainda não acreditavam
que se encontraram
naquela circunstância

A rua da Praia
se levantou em aplausos
e mais uma vez presenciou
o encontro de duas pessoas
que mesmo sem saber
           
se procuravam.


Silvana F. Pereira









quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Todos na praça

Dia de sol no inverno
é uma festa
todos vêm para a praça
crianças brincam
meninos jogam bola
uns passeiam com cachorro
outros andam de bicicleta
mães embalam crianças
no balanço
outros correm 
para manter o peso
a gurizada fuma
um baseado
e eu atravesso a praça
indo para o trabalho
e pensando
como descrever
tanta coisa
em um só poema.

Silvana F. Pereira